15°C 26°C
Três Marias, MG
Publicidade

Alunos de Medicina Veterinária desenvolvem projeto Capa Gato e pedem ajuda para encontrar tutores para animais capturados

“Capa Gato”. O projeto consiste na captura de animais abandonados,

26/06/2024 às 07h05
Por: Carlos ball Fonte: em
Compartilhe:
Alunos de Medicina Veterinária desenvolvem projeto Capa Gato e pedem ajuda para encontrar tutores para animais capturados

O Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM), a Prefeitura Municipal de Patos de Minas, por meio do Centro de Controle de Zoonoses, alunos do Grupo de Estudos em Pequenos Animais (GEPA), do curso de Medicina Veterinária, e demais parceiros, se uniram para desenvolver o “Capa Gato”. O projeto consiste na captura de animais abandonados, para que sejam castrados e retirados da rua por meio da adoção. O intuito é diminuir a reprodução de animais abandonados e protegê-los contra possíveis maus tratos.

De acordo com o professor Guilherme Cunha, coordenador do projeto, após serem capturados com armadilhas, os gatos são encaminhados para o Centro Clínico Veterinário, onde são examinados e atendidos por alunos de Medicina Veterinária, sob a orientação de professores do curso. Se tiverem condições de idade e de saúde, os animais são castrados e microchipados.

Durante o pós-operatório, os gatos são acolhidos por uma das alunas do curso, a Michelle Caixeta, que também é membro do GEPA. Durante esse período, eles permanecem sob os cuidados da aluna, em sua própria residência, e ficam disponíveis para a adoção. Caso não sejam adotados, eles são devolvidos para a rua. Todos os animais são vermifugados e vacinados. Além disso, o GEPA fechou parcerias com clínicas veterinárias de Patos de Minas que se comprometeram a dar descontos nas consultas dos animais.

Por isso, se você tem interesse em adotar um gatinho, procure o Centro de Controle de Zoonoses e ganhe um novo amigo. O telefone para contato é (34)3822 9624. Mais informações podem ser obtidas pelo Instagram, @gepa_unipam.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários